Desenvolvimento de software: 6 passos para criar um software de sucesso em 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on reddit
Share on telegram
Share on whatsapp

Conteúdo grátis, leia e compartilhe

Criação de sites

Desenvolvimento de software: 6 passos para criar um software de sucesso em 2022

Índice

Confira as etapas para o desenvolvimento de software bem-sucedido.

O mercado de desenvolvimento de software cresceu exponencialmente. Isso se deve justamente à automação de processos e serviços, cada vez mais adotada por empresas e indústrias.

A demanda por empresas capacitadas para esse tipo de serviço tem aumentado. E para saber quem escolher para desenvolver seu software, é sempre bom entender o processo de construção.

Neste texto abordamos as etapas do processo de desenvolvimento de software com base no que temos aqui no Connect Web Marketing.

Confira abaixo os 6 passos para construir um bom software e conheça a organização e os processos de construção mais usados ​​por uma equipe de desenvolvimento para fazer um bom trabalho.

software_developer
software_developer ig@sahildavid268

Desenvolvimento de Softwares: O que é, Como Funciona

Desenvolvimento de software é a atividade de criar programas de computador realizada por um desenvolvedor ou um grupo de desenvolvedores.

Parece uma definição bastante óbvia, não é? Mas você sabe como isso é feito, ou de antemão o que é software?

Software é um produto virtual que consiste essencialmente em um conjunto de códigos – instruções escritas em uma linguagem de computador específica.
No entanto, quando o usuário usa um software, ele não vê nenhum código.

Isso porque essas instruções são traduzidas da tela do aparelho eletrônico e apresentadas de forma diferente ou mesmo traduzidas em ações em alguns tipos de aparelhos.

Desenvolvedores (ou Devs, no jargão da categoria) são programadores, ou seja, escrevem o programa a partir dos códigos acima.

Mas nem todo programador é desenvolvedor. Porque este apelido é dado aos profissionais envolvidos em todo o processo de desenvolvimento de software.

Portanto, não basta apenas escrever código.

O desenvolvedor deve saber Liderar um projeto, desde a concepção até entender as necessidades do projeto.

Um trabalho que envolve ouvir, coletar informações, prototipar, testar, personalizar, aprovar e implementar.

O desenvolvimento de software é uma atividade complexa que exige muito de conhecimento técnico.

1. Reunião com Cliente

O primeiro passo é conhecer as necessidades dos clientes. Saber para que finalidade o software é criado, qual o público que se pretende atingir. Além disso, é sempre bom conhecer os valores da empresa, saber o que o cliente quer transmitir e como o software acabará por ser utilizado.

Saber quanto o cliente investirá no projeto fornece diretrizes para o planejamento, quantas pessoas incluir na equipe e se serviços ou ferramentas adicionais podem ser utilizados durante o processo.

Os prazos e as ideias gerais também são definido aqui. do software, as funcionalidades e especificações que o cliente deseja para o produto final.

2. Especificação de Requisitos

Depois de saber o porquê do software, o próximo passo é determinar como construí-lo. Pensando nisso, é feita uma seleção de tecnologias que serão utilizadas no desenvolvimento do software e da equipe de trabalho.

Entre as tecnologias mais utilizadas para desenvolvimento de software podemos citar: Java; JavaScript; React; .Net;  Phyton; Ruby.

A decisão de qual tecnologia usar e quem fará parte da equipe deve ser decidida neste momento. Principalmente para que não haja contratempos, como B. Escolher uma tecnologia que não é do domínio das equipes e contratar alguém para suprir essa necessidade de última hora se faz necessário. Isso pode afetar tanto a parte financeira quanto o prazo de entrega do projeto.

Uma equipe de desenvolvimento é composta por um gerente de projeto, um ou mais desenvolvedores e um testador. O número de pessoas e funções pode variar de acordo com as necessidades do projeto.

Portanto, definir as tecnologias a serem utilizadas na primeira fase do projeto criará uma equipe mais coordenada, capaz de falar o idioma escolhido .

 

3. Proposta de desenvolvimento

A próxima etapa é a metodologia em que o processo de desenvolvimento de software ocorrerá. As metodologias ágeis são as mais utilizadas por proporcionar uma melhor dinâmica entre a equipe e maior qualidade no andamento do produto. Outro fato nas metodologias ágeis é o fator de entrega parcial para o cliente. Nesse sentido, cada etapa finalizada já é apresentada ao cliente para avaliação e feedback.

Dentro desta etapa também se define a arquitetura de funcionamento do sistema. Dentro da arquitetura serão representados os componentes requisitados. Isso servirá como um mapa ao longo de todo o processo de construção do software. Assim, é assegurado que o programa seja executado de maneira correta e segura, cumprindo aquilo que foi proposto nas especificações.

Além disso, uma arquitetura bem feita pode servir de modelo para projetos futuros dentro da empresa de desenvolvimento, garantindo mais agilidade em trabalhos posteriores e melhor andamento dos sistemas desenvolvidos.

 4. Reuniões de planejamento e feedback

Dado início ao projeto, é ideal para uma melhor coordenação da equipe realizar reuniões de planejamentos de tarefas, acompanhamento dos processos e feedback. Essas reuniões podem ser com toda a equipe ou com parte delas para uma tarefa específica. Além disso, podem incluir o próprio cliente para entregar partes do projeto, amostras de funcionalidades, além de manter alinhado com a proposta do produto final.

Com a arquitetura do sistema pronta, a proposta de desenvolvimento finalizada e a equipe alinhada, é hora de realmente desenvolver. Existe então uma cadeia de processos que torna o andamento do trabalho mais controlado e eficaz.

5. Cadeia de processos

A cadeia de processos de um desenvolvimento de software nada mais é que um guia de andamento do projeto. Na imagem abaixo estão as etapas pelas quais cada item do projeto precisa passar até que o software esteja finalizado e pronto para ser utilizado.

Cadeia de Processos de Desenvolvimento

Dentro dessa cadeia, vale destacar alguns desses pontos:

Teste

Os testes são executados com o intuito de verificar cada funcionalidade dentro do software. Isso pode ser feito tanto de forma automatizada como por um testador. Desse modo, cada item é testado levando em consideração condições diversas de utilização do produto dentro de cada especificação de requisitos. Assim, pode-se encontrar erros e informações relevantes para o comportamento do sistema. Dessa forma, as tarefas podem ser redirecionadas e os erros podem ser corrigidos.

Pronto

Para estar pronto não basta a tarefa estar terminada. Existem algumas perguntas que devem ser respondidas para que realmente a tarefa seja definida como “pronta”, como por exemplo:

“O programa está responsivo?”

“Está passando em todos os testes?”

“Está passando no ambiente de qualidade de código?”

Aqui também vale falar um pouco sobre a prática da Integração Contínua. Ela torna a integração dos códigos mais eficaz por meio de builds e testes automatizados. Dessa maneira, a detecção de bugs se torna mais ágil. Além disso, permite a integração e reunião dos códigos criados por todas as partes do projeto em um único repositório. Assim, os testes de qualidade de código se tornam mais fáceis de serem realizados a cada alteração feita.

Homologação

A homologação é um ambiente onde o software será utilizado e verificado. Um grupo de usuários limitado terá acesso ao produto para avaliar se o desempenho das funções estão de acordo com as necessidades de criação. Aqui também será avaliado se o funcionamento da aplicação está de acordo com o que foi requerido pelo cliente.

Produção

Por fim, após passar por todos os testes e pelo ambiente de homologação, o software é colocado em um ambiente de produção. Dessa forma, ele será implementado para os usuários finais do produto.

 

6. Manutenção e atualizações

Esta é uma maneira de firmar o contato com a empresa contratada para o desenvolvimento de software e manter seu produto funcionando de maneira correta. É sempre bom realizar manutenções e atualizações do software. Além de prevenir bugs de funcionamento, você pode ir adicionando funcionalidades conforme as necessidades da sua empresa.

Como pudemos ver, um software bem estruturado requer um longo processo e boa capacitação da equipe, além de recursos e comunicação eficiente.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre o processo ou deseja desenvolver um software para a sua empresa, entre em contato através desse link ou mande um e-mail para contato@connectwebmarketing.com.br responderemos o quanto antes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on reddit

FAÇA UM ORÇAMENTO?

Posts relacionados

×